Logo

ANTIGAD : ANTICORPOS ANTI - GAD

Material: soro

Sinonimo: Antic. Contra Descarboxilase do Ácido Glutâmico

Coleta: Coletar em tubo sem anticoagulante, separar o soro e congelar.

Interpretação: Uso: avaliação de resistência insulínica em pacientes diabéticos.
Os quadros de diabetes insulino dependentes ou Tipo I são caracterizados por secreção inadequada de insulina endógena. Este quadro é gerado pela destruição (geralmente seletiva) das células beta das ilhotas pancreáticas. A causa autoimune á cada vez mais confirmada por diferentes pesquisadores, e diferentes marcadores sorológicos têm sido apontados como marcadores da condição pré-diabética (estes marcadores não são considerados causais e sim epifenômenos de um evento imunológico celular). Além dos anticorpos anti-insulina, existem os anticorpos anti-ilhota, os GAD, e outros. A presença destes anticorpos em indivíduos que nunca tomaram insulina injetável (a insulina exógena) pode estar associada a maior risco relativo para o desenvolvimento de diabetes mellitus. Por outro lado, a presença destes anticorpos após o início de terapia insulínica pode estar associada reação imune com a insulina exógena, seja de fonte animal ou até recombinante. Estes anticorpos podem em muitos casos estar associados redução da atividade desta insulina (endógena ou exógena), dependendo da região antigênica para qual os anticorpos são dirigidos.
Entre os pacientes que desenvolvem diabetes, 98% apresentam um ou mais destes anticorpos positivos( o anticorpo anti-insulina, anticorpo anti-GAD e o anticorpo anti-ilhota . Parentes de primeiro grau com os 3 testes positivos têm mais de 95% de chance de desenvolverem diabetes em 5 anos. Estes testes são indicados nas seguintes eventualidades: 1) em parentes de primeiro grau de diabeticos do tipo 1; 2) no diagnóstico do diabetes mellitus do tipo 1 de início no adulto, ou de início tardio, mas que nunca utilizaram insulina; 3) nos casos de hiperglicemia transitória da infância.
Anticorpos anti-insulina também podem estar presentes em pacientes diabéticos que recebem insulina por um período longo, seja insulina humana, porcina ou bovina. Da mesma forma, a detecção de anticorpos anti-insulina pode ser útil no diagnóstico de hipoglicemia factícia decorrente da auto administração de insulina realizada por pacientes não diabéticos .
T.E.H. Römkens, G.C.M. Kusters, M.G. Netea, P.M. Netten.Prevalence and clinical characteristics of insulin-treated, anti-gAd-positive, type 2
diabetic subjects in an outpatient clinical department of a dutch teaching hospital.Neth J Med;64(4):114-8,2006.
Barova H, Perusicova J, Hill M, Sterzl I, Vondra K, Masek Z.Anti-GAD-positive patients with type 1 diabetes mellitus have higher prevalence of autoimmune thyroiditis than anti-GAD-negative patients with type 1 and type 2 diabetes mellitus.Physiol Res,53(3):279-86,2004.
Tiinamaija Tuomi.Type 1 and Type 2 Diabetes.Diabetes 54:S40-S45, 2005.

Newsletter:

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre saúde.