Logo

Água "quebra" o jejum?

Não. Mas convém tomá-la com moderação. O excesso interfere nos exames de urina. Se seu exame envolve algum tipo de anestésico, você não poderá beber água.


Exame de sangue tem que ser sempre em jejum?
Nem todos. O hemograma simples, por exemplo, dispensa o jejum. Já glicemia e triglicérides exigem que você fique várias horas sem comer. O tempo de jejum varia de acordo com o exame.


Exames que pedem jejum têm de ser feitos sempre de manhã?
Nem todos. Desde que obedeça ao tempo estipulado de jejum, alguns podem ser colhidos inclusive à tarde, sem problemas.


Remédios interferem em exames laboratoriais?
Alguns, sim. Os antibióticos e os antiinflamatórios, por exemplo, interferem nos testes de coagulação do sangue, normalmente solicitados em pré-operatórios.
 É importante avisar a atendente do Microlab antes do exame, caso esteja tomando remedios.


Aspirina altera resultados de exames?
Sim,  a aspirina é o nome popular do ácido acetilsalicílico. Ela está presente em muitos analgésicos e antitérmicos, tais como AAS, Buferin, Doril, Melhoral, Aspirina Forte, Cibalena, Doloxene-A e Aspirina C, também em antiácidos (Alka-Seltzer e Engov), onde está associada a outras substâncias farmacológicas. Por isso, guarde bem: todos os remédios com ácido acetilsalicílico interferem nos exames de coagulação do sangue. Em altas doses, podem diminuir os valores totais de tiroxina ou T4, um dos hormônios da tiróide.


Posso fumar antes de realizar meus exames?
De jeito nenhum, se forem testes de agregação plaquetária, curva glicêmica ou exame ergométrico. Nesses casos, não fume no dia do exame.

Pode-se fazer exame de sangue com gripe, resfriado ou febre?
Sim, alguns exames, são solicitados exatamente porque a pessoa está com febre. A intenção é verificar se alguma infecção é a responsável. Porém, em algumas circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos. Por cautela, conseqüentemente, consulte o seu médico ou o laboratório Microlab antes de fazer o exame.


Por que devemos desprezar o primeiro jato de urina quando vamos fazer o exame?
O primeiro jato de urina traz células e secreção que podem estar presentes na uretra, principalmente se existir um processo inflamatório e/ou infeccioso chamado uretrite. Quando se está preocupado com uma possível infecção urinária, é importante que o material examinado não seja "contaminado" com o que estiver na uretra. Daí a necessidade de desprezar o primeiro jato e coletar o jato médio, ou seja, uma urina que representa bem o material que está na bexiga.

Newsletter:

Cadastre seu e-mail e receba novidades sobre saúde.